Ex-BBB Fred Nicácio revela infância difícil por ser homem LGBTQIA+ em um lar evangélico

Médico falou sobre rompimento com família

25/06/2024 às 16h55 Atualizada em 25/06/2024 às 17h10
Por: Patrícia Oliveira
Compartilhe:
Ex-BBB Fred Nicácio falou sobre rompimento com família evangélica
Ex-BBB Fred Nicácio falou sobre rompimento com família evangélica

Fred Nicácio contou que teve uma infância difícil por ser um homem LGBTQIA+ em um lar evangélico. O ex-BBB relatou o processo de aceitação da própria sexualidade e revelou que se abrir para os pais foi pior.

"Nasci num lar evangélico. Sou filho de pai e mãe militares, e vocês podem imaginar que esse não é um meio muito salubre para pessoas LGBTs", disse o médico no Instagram.

Continua após a publicidade

Segundo Fred, ele passou por "curas gays" durante a infância e rompeu laços com seus familiares. 

Continua após a publicidade

"Passei a minha infância inteira ouvindo que Deus ia me castigar por isso, que era pecado, passei por 'curas gays'. Essa 'saída do armário', para mim, foi muito dolorosa, porque isso veio com uma ruptura da minha com família, sem o apoio, sem o amor, sem o afeto, sem o acolhimento", disse.

Casado há cinco anos com o dentista Fábio Gelonese, Fred reconheceu que a falta de apoio é uma realidade para muitas pessoas LGBTQIA+: "A minha história não é única. Ela é uma história que se repete em vários lares brasileiros. Não foi fácil. Isso me fez ter que escolher entre mim e a minha família. Que bom que consegui. Muitos não conseguem sobreviver a essa angústia."

Nicácio afirmou que teve como base emocional o marido, amigos e pessoas próximas para poder seguir com sua vida de maneira livre. "Eu tive apoio de amigos e, na época, do meu namorado e hoje marido, para que eu pudesse superar. Acreditei naquilo que estava dentro do meu coração e dizia que não há problema nenhum em amar quem quer que seja. Amor é amor. Por isso que eu digo a vocês: Não deixem de amar quem vocês querem amar. Vale a pena. Viva ao nosso orgulho", concluiu.

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
500 caracteres restantes.
Comentar
Mostrar mais comentários